Gerenciamento de ecossistema de inicialização

Quando a gestão é aplicada a todo o ecossistema de start-up, em vez de apenas start-ups ou organizações únicas, é denominado gerenciamento de ecossistema de start-up. O gerenciamento de ecossistemas iniciais é conduzido por metas explícitas, executadas por políticas, protocolos e práticas, e tornadas adaptáveis ​​pelo monitoramento e pesquisa com base em nossa melhor compreensão das interações e processos necessários para sustentar estruturas e funções do ecossistema. Assim, o propósito é administrar áreas em várias escalas, de tal forma que serviços e recursos ecossistêmicos sejam preservados, enquanto o uso adequado de recursos e as opções de subsistência sejam sustentados.

Devido à natureza do gerenciamento de ecossistemas iniciantes, incluindo a capacidade de atender às necessidades de gestão de ecossistemas em bases de longo prazo com sua própria sustentabilidade através de turbulências e interrupções, a responsabilidade é tipicamente compartilhada entre aqueles com tais habilidades. Um princípio fundamental é a sustentabilidade a longo prazo da boa produção para as start-ups pelo ecossistema; “sustentabilidade intergeracional [é] uma pré-condição para a gestão, não uma reflexão tardia”. Também requer metas claras sobre trajetórias e comportamentos futuros do sistema que está sendo gerenciado. Outros requisitos importantes incluem uma boa compreensão do sistema (incluindo conectividade, pessoas e dinâmica organizacional) e o contexto no qual o sistema está operando. Outros pontos importantes incluem uma compreensão do papel das pessoas,

Existem alguns sistemas para o gerenciamento de ecossistemas de inicialização, que vão desde conhecimento e ferramentas documentados até plataformas on-line, até soluções de infraestrutura abrangente especificamente desenvolvidas.

Como os ecossistemas de startups são entidades dinâmicas – invariavelmente, estão sujeitos a perturbações periódicas e estão em processo de recuperação de algum distúrbio do passado. Quando um ecossistema de inicialização está sujeito a algum tipo de perturbação, ele responde afastando-se de seu estado inicial. A tendência de um sistema permanecer próximo ao seu estado de equilíbrio, apesar dessa perturbação, é denominada sua resistência. Por outro lado, a velocidade com a qual ele retorna ao seu estado inicial após a perturbação é chamada de resiliência.

De um ano para outro, os ecossistemas experimentam mudanças em suas pessoas, organizações e ambientes. Uma turbulência financeira constitui uma variabilidade de curto prazo nas condições ambientais