Mais de 120 projetos contra a solidão no Reino Unido receberão financiamento

O Reino Unido divulgou em fontes de notícias que financiará 126 projetos que atuam no combate a solidão. De acordo com as informações divulgadas, esse financiamento será de 100 mil libras para cada uma das instituições. Isso é quase R$ 500 mil, na conversão entre a libra esterlina com o real. As informações sobre o financiamento foram publicadas inicialmente pelo jornal “The Guardian“.

O grande objetivo do Reino Unido é proporcionar condições financeiras para os projetos que atuam no combate a solidão, um dos problemas mais enfrentados atualmente. Esses projetos consistem no envio de voluntários em vilarejos remotos. Eles vão nessas regiões através de vans e levam bolos, chás e café para as pessoas que vivem isoladas.

De uma forma bem lúdica, os veículos destinados a esses trajetos se transformam em espaços funcionais, onde é possível oferecer informações, serviços, conversa e claro, muito apoio para as pessoas isoladas. Dentre essas ações, há vários tipos de pessoas isoladas, como idosos, jovens LGBT, mulheres paquistanesas, entre outras pessoas que passam a viverem praticamente sozinhas em áreas muito remotas.

Ainda no início deste ano, a primeira-ministra Theresa May criou uma espécie de secretária especial que foi chamada de ministério. Essa criação nada mais é do que um órgão da Inglaterra responsável por lutar contra a solidão que aflige milhões de pessoas no mundo.

A solidão já é vista no mundo todo como um problema de saúde, por isso, as ações sociais em cima dessa questão têm se intensificado. Hoje em dia é possível comparar os problemas de saúde gerados pela obesidade, tabagismo e solidão como causas semelhantes. Esse tipo de problema de saúde é ainda uma das principais causas de mortes prematuras e casos de demência em todo o mundo.

De acordo com os dados revelados pela Cruz Vermelha do Reino Unido, em uma população com aproximadamente 66 milhões de pessoas, um total de 9 milhões dessa população relata viver frequentemente sozinha.

Em dezembro deste ano, pesquisadores da Universidade de San Diego revelaram que a solidão pode se tornar ainda mais forte em três períodos da vida, sendo eles: próximo aos 30 anos, entre 50 anos e ao final dos 80 anos.