O que é o pelo encravado?

Os pelos são associados da pele que ajudam no isolamento de temperatura e auxiliam na proteção do organismo de agressões exteriores. O pelo é formado por queratina, o que compete ao mesmo resistência e impermeabilidade, e células mortas. Eles nascem no folículo piloso e é composta pela raiz da derme e a haste, a porção que esta acima da superfície do tecido conjuntivo.

O pelo encravado em si pode incomodar tanto homens quanto mulheres, crianças. Nos homens afeta preferencialmente a região da barba, no rosto e no pescoço, e já nas mulheres afetam preferencialmente as pernas, axilas e virilhas.

O pelo encrava ao não encontrar a saída do folículo piloso, e ao não conseguir romper a camada de queratina. O processo de crescimento não para, fazendo com que a haste se curve e penetre no folículo piloso ou cresça debaixo da pele. Para tentar ejetar este corpo estranho, o organismo humano causa uma reação inflamatória chamada de foliculite, caracterizada por causar grandes lesões que se assemelham a espinhas, que coçam e doem. Este problema ocorre na maioria das vezes em pelos com espessura maior e enrolados, especialmente se o individuo tiver cicatrizes ou poros estreitos.

As causas desta enfermidade variam bastante, vão desde a higiene precária, roupas extremamente justas, até o acumulo de células mortas, e lesões na cútis, que obstruem os poros. Entretanto normalmente o pelo encrava quando associado a depilação de forma errada, com cera quente, fria ou com lâmina de barbear.

Hidratar a pele constantemente auxilia na prevenção dos pelos encravados em qualquer depilação, e a esfoliação semanal ajuda na retirada das células mortas, já que a pele esta sempre se renovando. Quando a esfoliação ocorre algumas vezes na semana, ajuda a soltar os pelos que podem estar detidos sob a pele.

É de extrema importância que tudo seja feito de maneira cuidadosa e atenta. Fazer no banho é sempre recomendado, pois os poros estarão abertos. Sabonetes esfoliantes, esponjas ou cremes que ajudam a suavizar as irritações da pele. E depois hidratar a pele, para evitar o ressecamente, o que torna a pele mais propicia a lesões e pelos encravados.

Outras medidas que podem ser praticadas no dia-a-dia são cuidados ao se fazer a barba, que consequentemente ajudam a manter a pele limpa e hidratada, sem pelos encravados. Lavar o rosto com água morna e sabonetes que não irritem a pele, nunca passar a lâmina na pele seca, e passar a mesma no sentido do nascimento dos pelos, nunca ao contrário. Dar prioridade a aparelhos descartáveis. Após o corte, enxágue o rosto com água fria para que os poros sejam fechados e priorizar loções pós-barba.

E o filtro solar para proteger a pele de qualquer tipo de lesão, notícias ou irritação é essencial, principalmente após depilações.