As inovações tecnológicas para 2019 vão desde de robôs padeiros a televisões com resoluções 8k

A inovação está tomando o centro dos holofotes nesta semana em Las Vegas, onde milhares de empresas estão exibindo novos dispositivos e ideias de tecnologia no evento anual da Consumer Electronics Show. Segundo notícias do grupo organizador, cerca de 182 mil pessoas participaram do evento este ano. Entre eles estarão 4.400 empresas exibindo seus produtos na expectativa de impressionar investidores, analistas e mídia.

“Desde a sua formação, a CES sempre foi um campo de testes, não apenas para produtos que chegarão ao mercado, mas para aqueles que pudessem chegar ao mercado”, disse Patrick Moorhead, analista principal da Moor Insights & Strategy.

Nesse sentido, a seguir estarão listados alguns dos grandes temas que, segundo analistas, podem aparecer no evento.

A TV rollable da LG foi a estrela do show do ano passado e está supostamente se preparando para enviar aos consumidores este ano. Espere ver outras ideias ousadas como essa, incluindo telas duplas ou dobráveis.

Sabemos que os smartphones estão ficando maiores e as TVs cada vez mais finas, entretanto não é apenas as funções básicas que atraem os consumidores, mas a experiência que as pessoas podem experimentar, conforme explica Werner Goertz, diretor de pesquisa do Gartner. Este ano, os avanços em inteligência artificial, software e plataformas definirão a tendência na CES, disse o diretor. A Samsung já está mostrando isso com o anúncio de que está trazendo filmes e programas de TV do iTunes, junto com o Apple AirPlay 2, para suas TVs inteligentes, negando a necessidade de comprar uma Apple TV.

Durante anos, a CES tem sido um show de tecnologia, onde os automóveis se fazem sempre presentes. Dentre eles temos carros elétricos, incluindo o Nissan Leaf, e vários carros autônomos fizeram sua estreia.

Além disso, será possível encontrar no evento não só TVs de 8k, que atualmente estão com valores elevadíssimos, como também robôs, como uma máquina de panificação, a qual é alimentada com farinha e pode produzir até 235 pães por dia, tudo sem ajuda humana. Por fim, temos o Somnox, um robô que acompanha o sono de uma pessoa e até afirma ter um algoritmo para nos levar ao sono profundo sempre que necessário.