Como a Empiricus tem se adequado diante dos desafios presentes no mercado financeiro

Quando a companhia Empiricus foi fundada, no final da década passada, as coisas se apresentavam de maneira diferente, tanto em relação à economia, quanto no que diz respeito às formas de se gerir um negócio. Com o passar dos anos, entretanto, algumas modificações se fizeram necessárias no que tange à dinâmica das corporações, algo que também ocorreu em relação à empresa em questão, já que seus idealizadores buscavam por torná-la adaptada às novas demandas do mercado.

Vale ressaltar que a companhia possui na divulgação de informações sobre os andamentos financeiros da atualidade sua principal oferta de serviço. Localizada em São Paulo, trata-se de uma organização que atua também como indicadora das principais tendências de investimentos, ainda que a decisão final seja sempre do próprio cliente, que na verdade assume o papel de investidor.

Como meio de promover adequação do que é ofertado pela corporação, a direção da empresa passou a incorporar serviços de CRM, com destaque para a Salesforce. A alteração em sua gestão de dados foi vista como uma forma de se conseguir com que a clientela de mais de 180 mil assinantes se visse atendida dentro de sua gama de necessidades. Além disso, o novo sistema implementado dentro da Empiricus também contempla os potenciais clientes, ou seja, os usuários que em um primeiro momento são leitores esporádicos das publicações.

O sistema adotado em conjunto com a Salesforce, de acordo com o que foi divulgado através de representantes da própria companhia, teve um caráter de fortalecimento da marca. Em virtude de se tratar de um modelo de negócio que atua exclusivamente de modo digital, seus gestores se viram impelidos a conceder soluções em tempo cada vez mais ágil aos seus usuários. Havia também a necessidade de se promover maior engajamento da clientela presente na Empiricus.

Para a executiva Beatriz Nantes, que responde pelo departamento de Marketing Interno da empresa, vários benefícios foram percebidos após a Empiricus ter passado a empregar o novo serviço. Dentre o que foi elencado por ela, as entregas dos e-mails de propagandas se tornaram mais eficientes. Ela também destacou que a corporação passou a contar com ferramentas de mensuração de resultados de marketing.

Animados com os resultados que foram alcançados, os gestores se viram motivados a explorar as funcionalidades de outras ferramentas de mesma natureza. Assim sendo, passaram a gerir suas demandas através de um serviço de armazenamento em nuvem, o chamado “Service Cloud”. Neste caso, contudo, os setores que começaram a trabalhar com este serviço foram aqueles que se relacionam diretamente com os clientes.

Quanto às próximas mudanças, há a expectativa de que as televendas sejam contempladas com a adoção de um sistema que também empregue tecnologia Cloud. Como já se pode verificar em relação a algumas companhias de outros segmentos, a Empiricus ingressará em um sistema de trabalho multicanais, o que deverá expandir as opções de comunicação que os clientes terão à sua disposição. Dessa maneira, os consumidores poderão se expressar em razão de novos canais, tais como chat, sms e push notification.